Movimento Zero alerta para ‘intimidação’ e ‘coação’ sobre manifestação de 21 de Novembro

O Movimento Zero, de apoio às forças de autoridade, alerta na sua página da rede social do Facebook para «ações de intimidação e coação» dos elementos da PSP que pretendem participar na manifestação marcada para 21 de Novembro.

0
128
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O Movimento Zero, de apoio às forças de autoridade, alerta na sua página da rede social do Facebook para «ações de intimidação e coação» dos elementos da PSP que pretendem participar na manifestação marcada para 21 de Novembro.

Num comunicado, o Movimento Zero informa que «os elementos da PSP e GNR não podem fazer greve por lei, mas podem manifestar-se.

Verificamos agora que esse direito está a ser vedado pelo Comandante do Comando Metropolitano de Lisboa, apenas e só com a finalidade de impedir que os Polícias possam lutar pelos seus direitos.»

O documento informa que «foi hoje publicado em ordem de serviço uma DETERMINAÇÃO que informa da proibição do gozo de folgas/créditos horários (horas acumuladas), e dias de férias no dia da Manifestação – 21 de Novembro».

A nota termina indicando que «com esta atitude a Direcção Nacional da PSP demonstra não defender os interesses dos seus elementos, nem a própria instituição».

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome