AtualidadeDistrito Setúbal

Motards percorrem distrito de Setúbal a assinar Campanha ‘Laço Azul’

- publicidade -

No âmbito do Mês de Prevenção dos Maus-Tratos na Infância – Abril 2021, as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens do distrito de Setúbal aderem à iniciativa através da Campanha ‘Laço Azul’.

O objetivo é promover os direitos das crianças e sensibilizar a comunidade em geral para a importância da prevenção dos maus-tratos na infância e juventude.

Ao longo do mês de abril decorrerá uma atividade distrital, envolvendo os diversos moto-clubes do distrito de Setúbal.

A atividade inicia-se no dia 20 de abril, em Sines, e termina a 27 de abril, em Almada.

A passagem dos grupos de motards nos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal ocorre no dia 20 de abril.

A passagem dos grupos de motards, nos concelhos de Setúbal, Palmela, Alcochete, Montijo e Moita realiza-se no dia 23 de abril.

No dia 27 de abril, a atividade arranca no concelho do Barreiro, segue para Sesimbra e Seixal, e termina em Almada, junto ao Cristo Rei, com a presença da Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens (CNPDPCJ), Dra. Rosário Farmhouse.

A passagem pelos vários concelhos será assinalada pela deslocação a alguns locais que simbolizam a “Aldeia” de que todos fazemos parte ao protegermos as nossas crianças e jovens, nomeadamente a sede do município, as sedes das Juntas de Freguesia, agrupamentos de escolas, a CPCJ, esquadras de PSP, postos de GNR, Centros de Saúde e Centros Comunitários. No âmbito desta iniciativa, alguns dos locais citados ficarão iluminados pela cor azul, serão entregues aos vários profissionais materiais alusivos a esta temática e as crianças envolvidas entregarão aos motards laços azuis elaborados pelas mesmas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui