Internacional

Morreu pai de ‘Astérix’ Albert Uderzo

publicidade

Alberto Uderzo, co-autor da banda desenhada e criador da personagem ‘Asterix’ morreu esta terça-feira, aos 92 anos, vítima de um ataque cardíaco.

Albert Uderzo «reformou-se» de Astérix e Obélix em 2011, mais de 50 anos depois de ter criado a história da irredutível aldeia gaulesa com o argumentista René Goscinny, falecido a 5 de novembro de 1977.

A informação foi avançada à Agência France Press por familiares, que indicaram que Uderzo «morreu enquanto dormia na sua casa em Neuilly, de ataque cardíaco não relacionado com o coronavírus», confirmou o genro, Bernard de Choisy, adiantando que Uderzo se sentia «cansado» há já algumas semanas.

A personagem do pequeno gaulês, do seu avantajado companheiro Obelix e da aldeia nunca conquistada pelos romanos, foi um êxito de tal ordem que o primeiro satélite francês, lançado em 1965, se chamou Astérix-1.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui