Parceiros
Mundo

Morreu menina atropelada em carro alegórico no Sambódromo do Rio de Janeiro

- publicidade -

Raquel Silva, de 11 anos, foi atropelada depois de subir num carro alegórico da escola de Samba ‘Em Cima da Hora’, no Sambódromo do Rio de Janeiro, esta quarta-feira.

O acidente ocorreu quando o carro designado por ‘abre-alas’ passou numa zona estreita e bateu num poste, precisamente na zona em que Raquel estava sentada.

A menina foi internada de urgência na ala Pediátrica do Hospital Souza Aguiar, e durante uma complexa cirurgia que durou seis horas, foi-lhe amputada a perna direita.

No entanto, devido a uma grave hemorragia interna, além de traumatismos no toráx, a menina não sobreviveu.

Uma funcionária disse à imprensa que a tia da menina ligou para a mãe de Raquel para a informar sobre a morte e que esta, ao chegar ao hospital, desmaiou.

O corpo da menina irá agora para o Instituto Médico Legal.

Aline da Mota, pastora da igreja da família, também se deslocou ao hospital, e referiu que após a notícia do acidente da menina, que pertencia ao coro, «foi feita uma corrente de oração que envolveu pessoas do Brasil, Itália e Estados Unidos pela melhoria do estado de saúde de Raquel».

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro emitiu uma nota de pesar sobre o caso, mas segundo a imprensa brasileira, a escola de samba Em Cima da Hora ainda não se pronunciou.

O Ministério Público do Rio de Janeiro afirmou, após o primeiro dia de desfiles da Série Ouro (a segunda divisão do Carnaval carioca) que o desfile violou normas de segurança para o evento, até por ter permitido que crianças e adolescentes subissem aos carros durante o desfile.

Em nota pública, as ligas das escolas de samba do Rio de Janeiro afirmaram «estar abaladas» e manifestaram a sua solidariedade para com a família da menina.

Já sobre as acusações do Ministério Público, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio afirmou que «ainda é preciso aguardar o apuramento dos factos», e que solicita todos os anos o apoio das autoridades de segurança pública.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário