Atualidade

Morreu Manuel ‘Palito’ homicída que esteve 34 dias em fuga à polícia

- publicidade -

Manuel Pinto Baltazar, conhecido como Manuel ‘Palito’, o homem condenado pelo homicídio da sogra e de uma tia da ex-mulher, que ficou conhecido por ter andado em fuga durante 34 dias em 2014, cumpria pena máxima, de 25 anos de prisão.

Manuel ‘Palito’ morreu no IPO do Porto, vítima de leucemia, aos 66 anos de idade.

A 17 de abril de 2014, em Valongo dos Azeites (São João da Pesqueira), Manuel Palito entrou numa fábrica onde as quatro mulheres cozinhavam bolos para a Páscoa e atingiu com tiro de caçadeira a sogra, Maria Lina Silva, e uma tia da ex-mulher, Elisa Barros.

Também tentou matar a filha, Sónia Baltazar, enquanto esta socorria e a avó; e a ex-mulher, Maria Angelina Baltazar, mas ambas sobreviveram ao ataque, e ‘Palito’ argumentou em tribunal que não tinha intenção de matar a primeira e que atingiu inadvertidamente a segunda.

Após o ataque fugiu do local do crime e passou 34 dias fugido das autoridades, tendo sido encontrado a 21 de maio de 2014.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo