Distrito de Lisboa

Morreu fundador da Academia do Johnson: o homem que ajudava crianças e jovens a fugirem do mundo do crime na Amadora

João Semedo Tavares, mais conhecido por Johnson, morreu esta quarta-feira devido a problemas de saúde. Tinha 50 anos e deixa uma grande história de vida, daquelas que merecem ser contadas.

“A tristeza que sentimos tem de dar lugar à força, à esperança e ao amor, que ele sempre partilhou entre nós. Este é o momento de darmos as mãos e de darmos o melhor de todos nós, para que a Academia possa continuar no coração do Johnson e ele saber que somos capazes de continuar o seu sonho, em prol das nossas crianças, dos nossos jovens, dos nossos idosos e famílias. Como diria o Jonhson, Somos Aquilo Que Fazemos’!”, pode ler-se numa publicação na página de Facebook da Academia do Johnson.

Nascido na Cova da Moura, na Amadora, distrito de Lisboa, João Semedo foi inspirador para centenas de crianças e jovens, que há vários anos apoiava através de actividades desportivas e sociais.

O seu trabalho social partiu da própria experiência de vida. Assumiu a sua dupla passagem pela prisão e fez disso uma lição, que procurou transmitir. A morte da mãe e do pai abalou-o e foi então decidiu mudar de rumo, criando uma associação que ajuda jovens a procurar outro rumo, longe do crime.

Johnson, que foi jogador e treinador de futsal, fez imensas palestras em que contava o seu percurso, defendendo que o crime não compensa e que o futuro passa pela educação e pelo desporto.

A Academia do Johnson, localizada no Bairro do Zambujal, na Amadora, tem como objectivo “a promoção do desenvolvimento humano e bem-estar, através do acompanhamento personalizado a crianças e jovens oriundos de meios familiares e sociais fragilizados, bem como às suas famílias”.

O seu lema “Somos Aquilo que Fazemos!” foi multiplicado nos últimos anos em vários espaços sociais.

Entretanto, numa mensagem publicada no sítio oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa “apresenta as suas sentidas condolências à família e amigos de Johnson Semedo Tavares”. O Presidente da República enalteceu o trabalho da Academia do Johnson, que o próprio visitou em Fevereiro de 2020, uma “associação que tantas vidas tocou no concelho da Amadora e no país”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *