DestaquePolítica

Moradores ignoram reunião da Assembleia Municipal

- publicidade -

A sala da SIM encheu-se de autarcas, deputados e dirigentes associativos para a reunião descentralizada na Quinta do Anjo. Os moradores tinham prioridade para apresentarem problemas ao executivo, mas, pela primeira vez, ninguém interveio. 

Na reunião descentralizada foi aprovado por unanimidade um voto de pesar do MIM pela morte de Ismael Baltazar. 

A bancada da CDU apresentou uma saudação ao Dia Internacional da Mulher, que se assinala a 8 de Março, que foi aprovada por unanimidade. 

Escola de Cabanas e Parque de Estacionamento 

Mas se os moradores não apareceram, os deputados estiveram bastante interventivos nos pedidos de esclarecimento ao presidente da Câmara. A deputada municipal Rosa Pinto, do PSD/CDS, quis saber como estão a “decorrer as obras da Escola de Cabanas, que em alguns dias parecem estar paradas”. 

O presidente Álvaro Amaro esclareceu que “está prevista uma visita à Básica de Cabanas, na Semana da Freguesia de Quinta do Anjo” e “o prazo para a conclusão das obras termina no final de Março”. O edil garantiu “queremos a empreitada concluída para recebermos a comparticipação da candidatura”. No entanto, os alunos que foram deslocalizados para o Colégio Guimarães, irão voltar apenas no próximo ano letivo conforme “vontade manifestada pelos pais”, adiantou o presidente. 

“Parque de Estacionamento com estudo prévio concluído  

A câmara adquiriu um terreno para estacionamento, junto ao Mercado Municipal, que já está a ser utilizado pelos moradores. Alguns deputados quiseram saber quando irá decorrer a intervenção. O presidente esclareceu que “trata-se de uma bolsa de estacionamento” e “o estudo prévio está praticamente concluído”. O autarca adiantou que a bolsa de estacionamento “irá ter um posto de carregamento elétrico e um abrigo de autocarros” para permitir “o escoamento de trânsito”. 

Olhos de Água sem médico há dois meses 

O presidente da Junta de Freguesia de Quinta do Anjo, António Mestre, fez questão de “lançar um alerta sobre as consultas médicas em Olhos de Águas que não estão a ser feitas há dois meses”. O edil de Palmela foi surpreendido pela notícia e promete “vamos ver o que se passa”. 

Álvaro Amaro lembrou que a câmara cedeu um terreno há dois anos para a construção do novo Centro de Saúde de Quinta do Anjo, junto à Escola Matos Fortuna e “vamos investir politicamente nessa obra”. 

Deputados querem saber se haverá intervenção na EN 379 

Os deputados Rui Lourenço e Rosa Pinto pediram explicações se está prevista alguma intervenção na EN 379, que “não tem reparação há uma quantidade de anos”. 

- publicidade -

O presidente da Câmara de Palmela explicou que “não está prevista qualquer intervenção” e “continuamos à espera da variante”. O autarca revelou “vamos fazer a Semana da Freguesia de Quinta do Anjo e lançar o desafio às Infraestruturas de Portugal para visitar a 379”.e não põe de lado, que tal como aconteceu em Águas de Moura, que a artéria passe para a gestão da autarquia. 


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo