Parceiros
País

MOBILIDADE – Operação Ano Novo da GNR registou 8 mortes

A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensificou o patrulhamento e a fiscalização rodoviária nos itinerários de e para os locais associados às festividades do Ano Novo, bem como a presença física nesses locais, de 28 de dezembro de 2018 até ao dia de ontem, 2 de janeiro de 2019.

Durante os seis dias de operação, e em comparação com igual período do ano passado, a GNR na sua área de responsabilidade, registou 1 189 acidentes, dos quais resultaram 8 mortos, 5 deles condutores, 2 passageiros e 1 peão por atropelamento (um menor de 16 anos).

Foram ainda registados 25 feridos graves e 406 feridos leves.

A GNR fiscalizou cerca de 37 879 condutores (+ 6 255), tendo detetado 1 003 condutores com excesso de álcool (+ 122), dos quais 332 foram detidos por possuírem uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l (+ 34), sendo ainda detidos 93 condutores por falta de habilitação legal para conduzir (+ 29).

No mesmo período, a GNR registou 10 015 infrações (+ 357), das quais se destacam: 3 977 por excesso de velocidade (+ 1 276); 558 por falta de inspeção periódica (+ 146); 440 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças (+ 159);

358 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização (- 3); 291 por utilização indevida do telemóvel durante a condução (- 4); 247 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório (+ 26).



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.