AtualidadeDestaqueNacional

Ministro do Mar: Portugal vai pescar menos bacalhau na Noruega este ano

- publicidade -

Portugal vai pescar em 2021 menos bacalhau em águas da Noruega, ao abrigo de um acordo tripartido concluído entre a União Europeia (UE), Londres e Oslo, disse hoje, em Bruxelas, o ministro do Mar, Serrão Santos.

O ministro, que falava aos jornalistas portugueses no final de um Conselho de Ministros das Pescas dos 27, a que presidiu, disse que, em 2021, Portugal tem uma quota de 2.607 toneladas de bacalhau em águas da Noruega e de 2.274 toneladas na área de Svalbard.

No ano passado, a quota de pesca de bacalhau atribuída a Portugal na Noruega era de 2.900 toneladas, enquanto no Svalbard estava nas 2.418 toneladas.

Neste arquipélago entre a Noruega e o Polo Norte, o Governo norueguês, com base em pareces científicos, reduziu em 3% as possibilidades de pesca para todos os Estados-membros da UE, com base em pareceres científicos.

Por outro lado, na área de pescas dos Açores, aumentaram as quotas de goraz e de imperador.

Nesta negociação, o Reino Unido passa ainda a dispor de 0,25% dos totais admissíveis de capturas (TAC) de atum rabilho que estavam atribuídos à UE, sendo que este arranjo não afeta as quotas de pesca desta espécie nas águas dos Açores.

“Nenhuma redução é bem recebida”, disse hoje o ministro.

Na semana passada, a UE, o Reino Unido e a Noruega fecharam um acordo tripartido para os totais admissíveis de capturas (TAC) e as quotas de pesca para o Mar do Norte.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui