coronavírus

Ministro da Economia crítica portugueses no The New York Times: “Pessoas não respeitaram restrições”

- publicidade -

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, em entrevista ao “The New York Times”, citado pelo ECO, avançou que as “pessoas não respeitaram restrições, como principal causa para o aumento de casos de infeção por covid-19 a seguir ao Natal.

Pedro Siza Vieira acredita ainda que “estamos a prever algumas semanas que serão difíceis”

Assim, para o ministro da Economia, “muitas pessoas” fizeram viagens para visitar as famílias no Natal. “As evidências da mobilidade no país mostram que as pessoas nem respeitaram as restrições que tínhamos na altura”, completou.

Siza acredita que a União Europeia precisa de poderes adicionais para solucionar algumas questões da pandemia, tais como, “critérios uniformes sobre abertura ou fecho de fronteiras”.

“Uma das lições que esta crise nos ensinou é que, realmente, precisamos de uma União Europeia com poderes e recursos para lidar com este tipo de ameaça que a humanidade enfrenta e que só pode ser combatida a nível continental”, concluiu.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui