Cultura

Ministra da Cultura lamenta morte de Jorge Salavisa

Jorge Salavisa, figura histórica da dança em Portugal, faleceu hoje aos 81 anos.

publicidade

Jorge Salavisa, figura histórica da dança em Portugal, faleceu hoje aos 81 anos.

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, lamentou a morte do bailarino, professor e diretor artístico, “nome maior da dança contemporânea, tanto nacional como internacionalmente, e um homem que ajudou a definir a cultura em Portugal”.

Ao longo das décadas, Jorge Salavisa “ajudou a escrever a história da dança em Portugal, seja como bailarino, seja como professor de gerações de bailarinos ou diretor artístico. O que a dança contemporânea é, hoje, em Portugal, tem o cunho muito particular deste artista e pedagogo exemplar.

O seu papel à frente do Ballet Gulbenkian e da Companhia Nacional de Bailado fizeram de Portugal um país pioneiro na relação entre coreógrafos, bailarinos e público. Devemos-lhe uma história muito completa da diversidade e, a partir daí, a atividade dos artistas portugueses que, pela sua mão, encontraram sempre as condições para se poderem afirmar.

À Família e Amigos enviam-se sentidas condolências”, pode ler-se na nota de pesar.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui