DistritoÉvora
Em Destaque

Ministério Público quer perceber acidente com carro do MAI

Ministério Público quer perceber como se passou o acidente que vitimou trabalhador de estradas.

- publicidade -

Foi no passado fim de semana que a viatura oficial de Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, viajava de Portalegre para Lisboa, depois de uma visita oficial à Escola Prática da GNR que o ministro realizou. Foi ao quilómetro 77 da A6, autoestrada que liga Caia-Marateca, que a viatura do MAI embateu num funcionário que estava ao serviço da Brisa e que acabou por morrer no local.

Segundo a TVI, a PGR adiantou que em casos como este, em que há um acidente que envolve mortes, o DCIAP abre um procedimento de inquérito para apurar factos e causas que levaram ao acontecimento. O Diário do Distrito sabe que normalmente as viaturas dos ministros e secretários de Estado são conduzidas por pessoal afeto ao corpo de segurança pessoal [homens e mulheres da PSP], aqui, ainda falta apurar se era elemento do corpo de segurança ou um motorista afeto ao gabinete do ministro Eduardo Cabrita.

No comunicado oficial que o MAI emitiu no passado fim de semana, o mesmo afirmava que “Não havia qualquer sinalização que alertasse os condutores para a existência de trabalhos de limpeza em curso“, tentamos obter mais esclarecimentos junto da BRISA, empresa concessionária das autoestradas, que até ao momento não esclareceu essa situação.

O MAI já terá apresentado as condolências à família do homem de 43 anos que perdeu a vida no local em que prestava serviço de manutenção.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo