Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
DestaqueDistritoJustiçaLisboa
Em Destaque

Ministério Público quer investigação exaustiva à “chacina” de Torre Bela

Ministério Público na mira da montaria da Herdade Torre Bela, na Azambuja.

- publicidade -

Segundo fonte próxima do Ministério Público, aquele órgão máximo da justiça portuguesa quer uma investigação exaustiva ao que se passou no último fim de semana na Herdade Torre Bela, na Azambuja.

A montaria que matou mais de cinco centenas de veados e javalis acabou por despontar uma onda de revolta nas redes sociais, depois de algumas fotos colocadas no Facebook, dando conta da chacina.

O Ministério Público está a articular com as autoridades – ICNF e SEPNA – algumas investigações sobre o que se passou dentro da herdade que está murada ao longo de 6 hectares. Os vizinhos da propriedade adiantam que no dia da montaria ouviram vários tiros de 10 em 10 minutos, o que acabaria por dar um desfecho trágico mas os mais de 500 animais mortos.

Imprensa espanhola destaca noticia

A imprensa espanhola nestes últimos dias destacou em alguns jornais de relevo no país vizinho o que acontecera na Herdade Torre Bela, os media espanhóis falam da montaria que matou 540 veados e javalis e destaca ainda o tema da construção de uma central fotovoltaica de uma empresa também ela espanhola.

Caçada por 3.000 euros cada

A montaria que decorreu no passado fim de semana na Azambuja já teve respostas negativas por parte de autarcas e do Poder Central, logo a ter sido conhecido através das redes sociais, a herdade viu ser retirada as licenças de caça, mais tarde foi a intenção de implementação da central de energia solar, também ser retirada do local.

Uma montaria que custou a cada participante cerca de 3.000 euros para poder caçar veados e javalis, no final também custou a retirada aos proprietários da herdade as respetivas licenças. Os proprietários em declarações adiantam que não tinham conhecimento do evento que ali se estava a fazer, declarações essas que não convenceram o ICNF nem o Governo. O PSD quer saber mais pormenores sobre o que aconteceu ali e naqueles dias, nas próximas semanas os ministérios da Agricultura, Ambiente, Energética e MAI podem vir a ser chamados ao Parlamento.

A par disso, já corre nas redes sociais uma petição a pedir a suspensão imediata do procedimento EIA relativo à Central Fotovoltaica da Herdade Torre Bela.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui