Internacional

Militares portugueses receberam Medalha das Nações Unidas na República Centro-Africana

publicidade

Os 180 militares do Exército e da Força Aérea Portuguesa, que compõem a 7.ª Força Nacional Destacada na Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), foram condecorados com a medalha das Nações Unidas, neste teatro de operações.

​Quase a terminar missão, com data de término prevista para o dia 3 de Novembro, os militares receberam a medalha numa cerimónia que, devido à pandemia de covid19, se realizou de forma fracionada, em três momentos distintos, no Campo M`Poko e no quartel-general da MINUSCA.

Uma das cerimónias, simbólica e representativa de todos os militares da força, foi presidida pelo Comandante da Força Militar da MINUSCA, Tenente-general Daniel Sidiki Traoré, tendo estado igualmente presente o 2.º Comandante da MINUSCA, Major-general Eduardo Mendes Ferrão, do Exército Português.

Esta é a 7.ª Força Nacional Destacada neste teatro de operações, sendo o atual contingente composto por 180 militares, maioritariamente tropas especiais Paraquedistas do Exército Português, integrando ainda militares de outras unidades do Exército e Controladores Aéreos Avançados da Força Aérea.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui