coronavírus

Militar português que partiu para ir combater a pandemia covid-19 semanas depois da filha nascer deixa apelo

- publicidade -

O tenente Andrade, da Marinha Portuguesa, viu a filha nascer há poucas semanas, mas o dever de uma missão levou-o a afastar-se da família para combater a covid-19.

Um rosto que representa todos os profissionais que lutam na linha da frente contra este inimigo invisível: profissionais de saúde, bombeiros, trabalhadores de supermercados e de logística, camionistas, entre tantos outros que saem de casa todos os dias para cuidar e apoiar uma sociedade.

tarot terapêutico


A Marinha Portuguesa partilhou a história e deixou um apelo aos portugueses:”Resta-nos, a todos e a cada um, cumprir com as indicações das autoridades para que este pai volte rapidamente e em segurança para junto da sua filha e da sua família. Ele e tantos outros”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui