Militar da UCC de Sines suicidou-se com arma de serviço

Um militar da GNR, da Unidade de Controlo Costeiro de Sines terá tirado a própria vida com a arma de serviço.

publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A informação está a ser avançada por vários grupos no Facebook, nomeadamente do Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública e do Movimento Zero.

Segundo a informação, tratou-se de um militar da Unidade de Controlo Costeiro de Sines, com a categoria de Cabo.

«Mais um dos nossos que parte, colocando termo à vida no seu local de trabalho, com a sua arma de serviço. Este colega deixa uma família, um filho com 10 anos que não pode mais abraçar o seu pai. Condolências à família, amigos e camaradas do nosso Cabo da unidade de controlo costeiro da GNR.»

Da parte do Movimento Zero, criado por elementos da PSP e da GNR, é também apontado o dedo ao Governo: «Será que os senhores governantes vão continuar a ignorar o flagelo que se vive nas Forças de Segurança? Isto não pode mais continuar!», enviando depois «a sua solidariedade e condolências à família, amigos e camaradas do nosso Cabo».

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome