Atualidade

Militar da GNR é escultor nas ‘horas vagas’

- publicidade -

O Cabo Bruno Cunha, de 39 anos, militar da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS), ocupa os seus tempos livres com pintura e desenho e desenvolveu desde muito cedo o gosto pela escultura.

É desta forma que a Guarda Nacional Republicana apresenta na sua página este artista que pertence a esta força da ordem e que concluiu uma escultura em madeira, iniciada em setembro de 2020, com cerca de 300 quilos.

A escultura, realizada a partir do tronco de um pinheiro bravo, uma árvore com uma base de cerca de 1 metro de diâmetro e cerca de 2,80 metros de altura que já se encontrava morta, homenageia todos os militares da UEPS, que todos os anos arriscam a vida em prol da população e da floresta.

Do espólio de esculturas do Cabo Bruno Cunha fazem parte outras obras igualmente admiráveis que demonstram as suas capacidades singulares, refere também a GNR.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo