Atualidadebombeiros

Metade do efectivo nacional de Bombeiros será vacinado contra covid19, petição exige vacinação para todos

- publicidade -

Um total de 14.904 vão ser vacinados contra o covid19 a partir desta sexta-feira, como ponto de partida do processo, que deixa os elementos da Proteção Civil de fora.

O número corresponde a metade do quadro ativo e de comando dos 434 corpos de bombeiros voluntários do país e o número foi obtido através dos dados que a 31 de Dezembro de 2020 constavam no portal do Recenseamento Nacional dos Bombeiros Portugueses (RNBP).

tarot terapêutico

O número 14.904 corresponde exatamente a 50% dos quadros ativos e de comando, cujos nomes constam das listas enviadas para todas as autoridades de saúde, onde geograficamente se encontra cada uma das corporações.

A escolha dos elementos, essa, coube a cada comandante de acordo com alguns critérios, que passam pelos operacionais que trabalham nas ambulâncias em serviço de urgência pré-hospitalar, os que fazem transporte de doentes não urgentes (que continua a ser o grosso do trabalho diário dos voluntários), os assalariados contratados para desempenhar diversas funções operacionais e, pelo menos, um elemento da equipa de comando de cada corporação.

Se por algum motivo este conjunto de elementos não perfizer os 50% da corporação, o comandante fica ainda livre de indicar outros elementos.

O ritmo da vacinação será gerido entre o Centro de Saúde da área em que se encontra o quartel dos bombeiros e o respetivo comandante, de acordo com a disponibilidade dos elementos em cada momento do dia.

Antes do atual plano estar concluído, e sem que houvesse qualquer indicação formal nesse sentido, já havia bombeiros a serem vacinados, num total de 870 os que receberam a primeira e nalguns casos também a segunda dose, na maior parte dos casos para serem aproveitadas as vacinas destinadas a lares de terceira idade, sobretudo nos distritos de Setúbal e Coimbra, mas há registo de casos em praticamente todo o país.

Da calendarização do Governo para esta fase da vacinação, que também inclui forças de segurança e forças armadas, não constam os cerca de 700 profissionais que trabalham para a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Perante a divisão entre os bombeiros, foi criada uma petição online que exige «Vacinação para todos os Bombeiros de Portugal» e que até ao momento conta com 1.125 assinaturas.

«A recente decisão de vacinar apenas 50% dos Bombeiros de Portugal vai contra tudo o que deveria ser justo perante todo o trabalho assegurado por nós» refere o texto que acompanha a petição.

«Acima de tudo é um direito à defesa direta contra a infeção pelo Sars Cov2, colocando o ónus da decisão de quem vacinar dentro das corporações, no Comando. Somos iguais e partilhamos do mesmo espírito de sacrifício.

Por isso apelamos às mais altas entidades deste país que reavaliem esta medida e que todos os Bombeiros sem exclusões sejam rapidamente vacinados. É altura de nos unirmos.»

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui