Parceiros
DistritoPaísSetúbal

Metade das vagas sem interessados em concurso para médicos de família de Lisboa e Vale do Tejo

O Sindicato Independente dos Médicos denuncia que no concurso para recrutar Médicos de Família para Lisboa e Vale do Tejo metade das vagas ficaram desertas.

«O concurso para Médicos de Família aberto em junho ficou ontem concluído com metade das vagas por ocupar em Lisboa e Vale do Tejo» refere o comunicado do SIM.


«Trata-se do concurso aberto pelo Aviso n.º 12201-A/2022, de 17 de junho, com um total de 432 vagas para médicos especialistas em Medicina Geral e Familiar, das quais 211 em Lisboa e Vale do Tejo.

Para o total de 432 vagas houve 379 candidatos, ou seja, houve Médicos de Família candidatos para 87% das vagas.

Contudo, no final do processo só 60% das vagas foram ocupadas, tendo havido dezenas de desistências.

Em Lisboa e Vale do Tejo a situação foi ainda mais crítica, com metade das vagas desertas.»

O sindicato alerta ainda que «esta é uma situação que irá repetir-se e agravar-se se não forem melhoradas de forma estrutural e profunda as condições de trabalho e remuneratórias da carreira médica no SNS».


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.