Parceiros
AtualidadeVila Real

Menor identificado como autor de incêndio fica proibido de ir a casa dos avós

Um menor, de 14 anos de idade, foi identificado pela Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, em articulação com o Ministério Público – PJCG de Vila Pouca de Aguiar, pela presumível autoria do crime de incêndio.

Os factos ocorreram no dia 15 de julho de 2022, cerca das 01h00, no logradouro de uma habitação, sita numa localidade do concelho de Vila Pouca de Aguiar, quando o menor, por motivos fúteis, ateou um incêndio.


O incêndio, ateado sobre uma pilha de lenha, colocou em perigo as habitações contíguas e uma densa mancha florestal de pinheiro bravo, de valor consideravelmente elevado.

Presente a interrogatório judicial, o estudante de 14 anos de idade, foi sujeito à aplicação, como medidas cautelares, da proibição de se aproximar dos avós paternos e da habitação dos mesmos.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.