Insólito

Menino de 8 anos urina na biblioteca da escola, é acusado de blasfémia no Paquistão e arrisca pena de morte

- publicidade -

No Paquistão, um menino de oito anos foi preso e acusado de blasfémia, que pode mesmo levar a uma pena de morte, por urinar numa madraça (escola islâmica)

A criança hindu, um minoria, ficou detida uma semana, no final de julho, depois de ter urinado num tapete na biblioteca de madraça, local onde são guardados os livros religiosos.

O menor ficou em liberdade condicional e a comunidade muçulmana de Rahim Yar Khan, no Punjab, local onde reside a família, atacou um templo hindu em protesto.

O clima está de tal forma tenso que a família e o menor fugiram da região.

A lei de blasfémia data de 1986 e prevê a pena de morte, mas ninguém foi executado por este crime até ao momento.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo