Nacional

Medusa semelhante à Caravela-portuguesa avistada em Portugal, mas inofensiva

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou para o aparecimento da espécie Velella velella (veleiro) na costa sudoeste de Portugal Continental.

- publicidade -

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou para o aparecimento da espécie Velella velella (veleiro) na costa sudoeste de Portugal Continental. À semelhança de anos anteriores, esta espécie tem sido confundida com aa Physalis physalis (caravela-portuguesa)

Ao contrário desta última espécie, a Veleiro é inofensiva, não havendo evidências de causar queimaduras e problemas de saúde. Estas duas espécies Velella velella e Physalis physalis (caravela portuguesa) podem ser confundidas por apresentarem algumas semelhanças, sendo ambas de cor azulada e flutuando à superfície do mar, sendo frequentemente avistadas na nossa costa, nesta época do ano”, esclareceu o IPMA.

As maiores diferenças estão no flutuador. “Na Caravela-portuguesa o flutuador tem uma forma de balão e a Veleiro tem um flutuador em forma de vela triangular:

  • Physalia physalis (caravela-portuguesa): flutuador em forma de balão e, em geral, de maiores dimensões que a Veleiro. Os seus tentáculos podem chegar aos 30m de comprimento e são muito urticantes, capazes de provocar graves queimaduras e outros problemas em pessoas de saúde mais frágil. Deverá evitar o contacto com os tentáculos.
  • Velella velella (veleiro): flutuador em forma de vela triangular achatada, de pequenas dimensões (1 a 7 cm) e tentáculos curtos. Na maioria dos casos não representa perigo para os banhistas, mas pode provocar alguma alergia ou irritação, sendo aconselhável evitar o contacto direto com os tentáculos”.
Foto: IPMA


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui