MultimédiaMundo

Mastodon é a aplicação que surge como alternativa ao Twitter após a compra de Elon Musk

Após a compra do Twitter por parte de Elon Musk, vários utilizadores mostraram descontentamento pelo rumo que a rede social pode seguir nas mãos do empresário. E como alternativa, surgiu uma nova rede social que já está a atrair bastantes utilizadores, o Mastodon.

Toda a apresentação gráfica e funcionalidades são semelhantes às do Twitter, com ligeiras diferenças nos nomes, mas com a mesma utilidade prática. Na aplicação Mastodon existe os toots em vez de tweets e boosts em vez de retweets, assim como as menções, hashtags e um feed cronológico.

Porém, também existem diferenças a assinalar entre ambas as plataformas. O Mastadon, ao contrário do Twitter, é uma rede social descentralizada, isto é, “não existe um dono ou proprietário da empresa” e esta é gerida pelos próprios utilizadores de acordo com a sua cronologia. Os utilizadores só terão acesso às comunidades às quais estão inseridos, tornando-se numa rede social mais “seletiva”.

“Se o que mais quer falar encaixa numa categoria clara (sejam jogos ou arte…), então pode valer a pena fazer o seu primeiro servidor onde hospedará principalmente esse tipo de conteúdo”, explica a empresa.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *