coronavírus

Marta Temido diz que a toda a região Norte tem mapas de risco

- publicidade -

A ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa de atualização de informação relativa à infeção por covid-19, garante que o Governo e autoridades de saúde estão a avaliar o nível de risco na região Norte, que é a mais afetada pela pandemia.

“Toda a região Norte já está com mapas de risco a funcionar e a avaliar a situação epidemiológica. São esses mapas de risco que norteiam a nossa decisão”, explicou Marta Temido.

O novo processo do plano de saúde outono-inverno, designado de mapa de risco, mostra a a incidência de novos casos de covid-19 e a velocidade de crescimento da doença

Assim, as decisões tomadas na Amadora, Loures, Odivelas, Sintra e Lisboa, em junho e julho, foram baseadas neste novo modelo de análise que, embora útil, a ministra adverte que deve ser usado “com prudência” e que “não são o único” instrumento “de tomada de decisão”.

“Pode ser um instrumento muito importante na adoção de medidas locais e regionais, pode ajudar a definir as fronteiras de zonas onde há uma maior transmissão, mas têm um impacto interpretativo nas pessoas. Não podemos esquecer que mapear uma zona com uma tipologia de cores pode ter algum efeito negativo na forma como se encaram determinadas localidades”, alerta Marta Temido.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui