Parceiros
Atualidade

Mariupol: Mais de 70 pessoas levadas à força de uma maternidade para a Rússia

- publicidade -

As autoridades de Mariupol denunciaram esta quarta-feira a evacuação forçada de uma maternidade para a Rússia.


No Telegram, a autarquia desta cidade ucraniana afirmou que “mais de 70 pessoas, entre mulheres e pessoal médico, foram levados à força pelos ocupantes”.


Mais de 20 mil moradores de Mariupol foram deslocados para a Rússia “contra a sua vontade”, segundo a mesma fonte.


A 9 de março, uma outra maternidade de Mariupol foi alvo de um bombardeamento, no qual morreram pelo menos três pessoas, incluindo uma criança.


De acordo com números avançados pela agência France Press, há cerca de 160 mil pessoas que continuam retidos em Mariupol, onde continua a crise humanitária com dificuldades no acesso à energia, medicamentos, água e alimentação.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário