Destaque
Em Destaque

Mariscador desaparecido terá fugido de uma tentativa de assalto na praia do Samouco

Autoridades ainda continuam no local à busca do mariscador de 70 anos que desapareceu.

- publicidade -

Segundo a edição online do Correio da Manhã de hoje, o mariscador de 70 anos que está desaparecido desde quarta-feira na praia fluvial do Samouco, Alcochete, quando regressava ao carro que estava estacionado no parque, terá presenciado uma tentativa de assalto violento naquele local, onde estavam várias pessoas que também elas fugiram. João António terá fugido a pé para uma zona de mato e daí nunca mais foi visto.

O tripulante de batelões, reformado e que mora na zona do Montijo, foi visto por testemunhas perto do carro, que deixou estacionado no parque. Quando tudo aconteceu estavam cerca de duas dezenas de pessoas, que segundo testemunhos também ficaram assustadas com o aparecimento de um grupo de homens que começaram a atacar, a murro e a pontapé, um outro, deixando a vítima em estado grave e a ser transportada para o Hospital Barreiro/Montijo com ferimentos considerados graves.

Ao assistir a tudo isso, João António fugiu em direção a uma zona de mato junto à praia, e desde esse dia nunca mais foi visto. As operações de socorro foram acionadas e continuam no local em busca do homem. Os meios da Polícia Marítima, GNR e Bombeiros, continuam a bater a zona com drones e cães pisteiros. A linha de costa está a ser vigiada e os poços, buracos e desníveis de terreno estão também a ser batidos pelas autoridades.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo