AtualidadePolítica

Maria Vieira reage à «carta de 100 personalidades» e não poupa nos adjectivos

Sempre polémica e sem esconder o que lhe vai na alma, agora na defesa do Partido Chega, a actriz Maria Vieira deixou mais um post nas redes sociais sobre uma carta publicada num jornal nacional e assinada por 100 personalidades, que solicitam que nas próximas eleições legislativas, o país continue a ser governado por ‘uma maioria plural de esquerda’.

E Maria Vieira não poupa nem as palavras nem os adjectivos com os quais classifica os assinantes do documento.


«Cem personalidades, ou melhor dizendo, cem socialistas, comunistas e marxistas, todas elas vivendo muito bem, com bons salários e boas pensões, fizeram ontem um abaixo-assinado apelando a uma «maioria plural de esquerda», ou seja, a uma nova «Geringonça», nas próximas eleições legislativas!».

Com termos como «barbudo Daniel Oliveira» e «mulher inenarrável que dá pelo nome de Constança Cunha e Sá», até aos «cineastas medíocres que produzem filmes deprimentes que ninguém vê» e aos «músicos esquerdistas e engraxadores de governos de esquerda como o Abrunhosa, como o Vitorino, como o António Pinho Vargas e como o Mário Laginha», passando ainda pelos «escritores aborrecidos como o Mário de Carvalho e o José Luís Peixoto».

A todos estes «activistas de esquerda» acusa de serem «gente rica que apesar de ser rica e de viver como capitalista, faz de conta que é socialista e que se preocupa muito com os pobrezinhos».

Outras ‘baterias’ são, como não podia deixar de ser, apontadas ao «regime incompetente, mentiroso, corrupto e ladrão que vem ‘reinando’ alternadamente desde Abril de 1974 e mais recentemente nestes últimos seis anos de mais pobreza, de mais miséria e de mais desgraça e fazem isto com a maior lata do mundo e sem o mínimo de vergonha na cara porque eles dão-se bem com este vírus do socialismo desde há já muitos anos e agora que estão em risco de perder as vantagens e os favores, agora que estão aflitos com a subida avassaladora do CHEGA».

E deixa ainda o apelo para que «o povo português rasgue em mil pedacinhos o papel infectado de marxismo, gritando em uníssono: acabou-se a «mamata» seus… seus chicos-espertos do caraças!».


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.