ReportagemSeixal

Marcha lenta na Amora junta perto de cem viaturas

Movimento de Cidadãos realizou marcha lenta em protesto pela realização da Festa do Avante! em contexto de pandemia

publicidade

A marcha lenta que um movimento de cidadãos organizou para esta tarde na freguesia de Amora, em protesto pela realização da Festa do Avante! ainda em âmbito de pandemia de covid19, juntou cerca de cem viaturas.

A ‘contabilidade’ foi difícil de realizar, porque apesar das viaturas se terem concentrado junto ao Complexo Desportivo Carla Sacramento, após o início da marcha e durante esta, várias viaturas se foram juntando, mas um video captado do ar dá ideia do numero de viaturas que participaram.

Faixas pretas e os cartazes colados nos vidros, com o mote da marcha «Seixal Sim, CovidNão» distinguiam os participantes durante o percurso que demorou cerca de trinta minutos e sem qualquer tipo de incidente.

Nas ruas outros condutores respondiam às buzinas e houve até quem aplaudisse a passagem das viaturas, que foram tendo acompanhamento das autoridades policiais.

Membro deste Movimento de cidadãos, Joel Lira explicou à comunicação social que “todos temos o direito de usar a nossa liberdade de expressão e estamos aqui em nome de todos os que estão preocupados com a realização de um evento com o qual muitas pessoas não concordam. E sentem dor por não serem ouvidas. E é por eles que resolvemos realizar esta marcha lenta.

Não quero de modo algum que a minha cidade, a Amora, onde nasci, venha a ser falada pejorativamente por algo que se pode passar aqui.

Da nossa parte não estamos contra a Festa!, mas não este ano. O que podemos desejar é que tudo corra bem e amanhã não se venha a falar que foi na Amora que surgiu um novo grande surto, ou alguém venha a dizer que foi na Festa! que ficou contaminado.”

Outra questão que Joel Lira apontou relaciona-se com o controlo das entradas para o recinto. “Como vão garantir que entra apenas aquele número, e todos os outros que já compraram a sua EP, e não vão poder entrar?

Esta é uma critica construtiva para quem organiza e para os responsáveis, porque não podem existir dois pesos e duas medidas, quando temos o desporto como o futebol sem público. Houvesse coragem e este ano, sublinho, este ano, não teriam permitido a realização da Festa!.”

Artigos Relacionados

One Comment

  1. A marcha organizada pela EXTREMA DIREITA a atirar areia para os olhos do cidadão comum, como uma marcha de cidadania preocupada com o perigo de uma eclosão do COVID 19 que possa provir a partir da Festa do Avante, arrastou alguns “inocentes” estilo papa tolos que acreditaram na patranha.
    Contudo desconhecem a organização de grupos de extrema direita, que se prepararam para se introduzir no recinto da Festa com EP’s compradas e tudo, os quais estão bem cientes do seu propósito: – DESACREDITAR a Festa do Avante, mas acima de tudo desacreditar o PCP e procurar por todos os meios que o PCP seja esmagado como consequência destes NAZIS FASCISTAS infelizmente APOIADOS por este tipo de cidadãos, IGNORANTES POLITICOS ATÉ À MEDULA, que alinham neste jogo feio, porco e mau.
    Perto de 100 viaturas é o mesmo que perto de 50 ou de 20.
    Vejam na imagem a bandeira nacional como se a causa fosse PÁTRIA OU MORTE!… Tão típico dos movimentos de Extrema Direita Pró NAZIS FASCISTAS.
    Bandeiras pretas, outro símbolo do NAZI FASCISMO que montado no COVID19 cavalgam também neste tipo de cidadão bronco e burro.
    Querem voltar a 1975 a incendiar as sedes do PCP e a matar os COMUNISTAS ! ESTA É A DURA REALIDADE DE QUEM NÃO TEM CORAGEM PARA O ASSUMIR!… E assim, escondidos debaixo das saias de cidadãos de faz de conta, vão manobrando e atacar a verdadeira LIBERDADE PORTUGUESA.
    SÃO TRAIDORES TAL COMO TRAIDORES O SÃO ESTE TIPO DE CIDADÃOS, UMA CLASSE ORGULHOSAMENTE IGNORANTE POLÍTICA E ECONÓMICAMENTE FALANDO, já nem pondo em causa a profunda falta de civismo sequer educação.
    UMA MEIA DÚZIA DE NAZIS FASCISTAS NO ARRASTO DE CIDADÃOS ABORTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui