Desporto

«Mais um dia negro para o Futebol distrital e nacional» – actualizado

publicidade

É com esta frase que o Núcleo de Árbitros de Futebol da Cidade de Setúbal dá conta de uma agressão que teve lugar este sábado, a um árbitro de 17 anos, por parte do pai de um jogador, no jogo Ídolos da Praça – Grupo Desportivo de Alfarim, a contar para o Campeonato Distrital, Sub-13, disputado no Campo Municipal do Forte da Bela Vista, em Setúbal, segundo o Jornal de Desporto.

Esta situação levou mesmo o Núcleo a colocar a sua foto de perfil no Facebook a preto e branco e a imagem de destaque como um rectângulo negro.

«Mais um dia em que assistimos a casos de violência nos campos. Mais um dia em que árbitros são agredidos no terreno de jogo.

Esta manhã (sábado) em particular na Associação de Futebol de Setúbal, na Cidade Europeia do Desporto em 2016, um árbitro jovem, com apenas 17 anos, foi agredido por um pai de um jogador.

Aconteceu após o final do jogo, dentro do terreno de jogo, um ato vil e covarde que surpreendeu o árbitro pelas costas com uma chapada na cara. Como se terá sentido a criança ao ver o seu pai, mostrar este exemplo em frente dos seus companheiros 12 e 13 anos de idade?

Até quando?

Até quando iremos tolerar estes comportamentos?

Até quando continuaremos sem segurança nos campos?

Até quando?»

Também a Associação de Futebol de Setúbal lamenta a situação, reproduzindo o texto acima, e afirmando que «a Direção e o Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Setúbal e o Núcleo de Árbitros de Futebol da Cidade de Setúbal repudiam, veementemente, este ato de cobardia, que jamais deverá ser repetido, e em qualquer circunstância.

O ato de violência referido já foi, devidamente, participado às entidades policiais e institucionais, no âmbito do futebol e da arbitragem.»

Actualização

A Direção do NRD Ídolos da Praça colocou um esta tarde um comunicado na sua página do Facebook, no qual «lamenta o sucedido ontem no final do jogo da nossa equipa de Infantis e informa todos os seus Associados, simpatizantes e respetivas entidades que não é a mística desportiva do nosso Clube, que tem alargado significativamente o seu Futebol Formação com a prática de boas normas que fazem parte do Desporto para jovens.

Ao árbitro pedimos as nossas sinceras e humildes desculpas, desejando-lhe a continuação de uma excelente carreira de arbitragem.

Ao Núcleo de Árbitros de Futebol e à Associação de Futebol de Setúbal, reforçamos que não é esta imagem que queremos deixar ficar sobre o nosso Clube e que iremos continuar a lutar pelas boas práticas desportivas na nossa Instituição.

Continuamos juntos por uma melhor futebol formação, por um melhor futuro dos nossos jogadores!»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui