MobilidadeNacional

Mais de metade das estradas portuguesas têm má qualidade

Apenas 6% dos 4880 quilómetros das estradas nacionais com mais acidentes em Portugal têm qualidade boa ou muito boa, revelou a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

publicidade

Apenas 6% dos 4880 quilómetros das estradas nacionais com mais acidentes em Portugal têm qualidade boa ou muito boa, revelou a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A análise foi realizada pelo Programa Europeu de Avaliação de Estradas (EuroRap), sublinhando 2500 quilómetros de vias com sinistralidade elevada com más ou muito más condições para os condutores, o que representa 52%.

Restam 2052 quilómetros de estrada que são razoáveis. No Norte situam-se os melhores troços de estrada, mas a situação altera-se relativamente às estradas do centro e sul do país, que apresentam as piores condições.

A análise indica ainda que existem apenas 58 quilómetros seguros para os motociclistas, e 3601 não recomendados. A falta de passeios, má visibilidade e o mau estado do piso são as principais causas para a baixa qualificação das estradas de Portugal, confirmou a EuroRap.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui