Famosos

“Mais de 400 trabalhadores da RTP ganham acima de 5 mil euros/mês”, “já no SNS, um médico ganha entre 1500 e 1800 Euros por mês”

Maria Vieira reagiu no Twitter à notícia de que: “Mais de 400 trabalhadores da RTP ganham acima de 5 mil euros/mês, denuncia sindicato”.

E escreveu: “A RTP (uma empresa que nada produz e que sobrevive à custa de avultadas verbas públicas) paga acima de 5 mil Euros por mês a mais de 400 empregados”.

“Já no SNS, um médico ganha entre 1500 e 1800 Euros por mês e um enfermeiro ganha pouco mais de 1000 Euros mensais. Porca miséria!”, acrescentou.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

27 Comentários

  1. Para quem nada produz e na sua maioria semianalfabetos, há salários milionários, para quem produz e com formação longa e de difícil e de muita responsabilidade, vencimentos de miséria.

  2. Salários como estes em portugal ?
    Seria muito melhor que o fizesse no sistema da saúde, antes que seja tarde demais.

  3. Então na fatura da luz saem 2.85€ por mes a multiplicar por 10 milhões mais coisa menos coisa da muito muito dinheiro… Sei que não são todos taxados por igual nem vai tudo para a RTP mas mesmo assim é muito dinheiro..

  4. Fazem sempre a comparação com os médicos!!??
    Poderiam fazê-lo também com os farmacêuticos hospitalares, enfermeiros, professores e tantas outras profissões com progressões de carreiras suspensas, mal pagas!
    O mal é geral.

    1. Nuno Fonseca Não sou interessada na matéria mas, reconheço que está tudo muito mal distribuído. Não se pide comparar a formação dos médicos com outras formações. A maioria das licenciaturas têm actualmente 3 anos ou seja, o nível do antigo bacharelado. Um médico tém 5 ou 6 anos de licenciatura, tem mais N anos de especialização, mais o internato e então isso não conta? E a responsabilidade no salvar vidas? É SIM VERGONHOSA A INVERSÃO DE VALORES especialmente os atribuídos a pessoas só porque aparecem no ecrã dos televisores

    2. Maria Gomes não é bem assim… veja a duração de um curso de farmácia e especialização… um hospital sem farmácia hospitalar , não funciona! Não estou a falar de farmácia comunitária.
      E outras profissões, polícias mantêm a ordem e segurança, professores educam a população, almeidas limpam o recolhem lixo para que possamos viver num ambiente limpo, etc…. mas entendo, médicos neste país são comparados a deuses. Só é pena que a sua própria classe/ordem sejam tão protecionistas… há que manter médias altíssimas e poucas vagas, uma classe representada por médicos políticos.

    3. Nuno Fonseca inteiramente de acordo quanto à ordem que, durante décadas se opôs a novos cursos. Também acho que professores e forças de segurança devem ser mais bem pagos e não só estes grupos. O que me choca são as grandes disparidades e a forma como se valoriza.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *