AlmadaDestaque
Em Destaque

Mãe de Madalena não encontrou filha na creche

O pai pensava que teria deixado a bebé à guarda da creche que fica a 100 metros da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Monte da Caparica, mas afinal ficou esquecida 7 horas no carro.

A investigação continua por parte da Polícia Judiciária de Setúbal (PJ) ao caso da bebé que acabou por morrer fechada no carro do pai [professor universitário e diretor de departamento da FCT], devido a um golpe de calor e desidratada.

Segundo o CM desta sexta-feira, foi a mãe de Madalena, a bebé de 10 meses que morreu esta terça-feira, que deu por falta da filha na creche que a menina era assídua e frequentava.

A médica terá ligado ao marido, a questionar pela bebé, o pai da criança acreditava que teria deixado a criança na creche, o que não se provou, quando chegou ao carro e a bebé já estava inconsciente devido a estar fechada no carro do pai durante sete horas seguidas.

A mãe, que trabalha perto da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), era a responsável de ir buscar a filha nesse dia, mas as responsáveis da creche terão informado que a menina não teria sido entregue à guarda do estabelecimento nesse dia. 

Ao telefone, o pai da bebé garantia que havia deixado a criança, mas quando chegou ao carro é que percebeu que Madalena havia ficado esquecida na cadeirinha que estava no banco traseiro.

A criança não resistiu após várias manobras de reanimação do INEM que foi acionado via CODU. A GNR foi acionada para o local, mas terá entregue o processo à PJ de Setúbal para investigar as causas da morte da bebé.

O corpo foi ontem autopsiado no Instituto de Medicina Legal de Lisboa e as provas já seguem para o processo que, no entanto, o Ministério Público abriu para inquérito, os pais são testemunhas e vão ser ouvidos pelas autoridades nos próximos dias, assim que estiverem restabelecidos do choque que tiveram.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *