Atualidade

Mãe de Beatriz Lebre reage no facebook à morte de Rúben Couto

- publicidade -

A mãe da jovem Beatriz Lebre reagiu à morte de Rubén Couto, que foi encontrado morto este domingo, à noite, no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL).

Leia na íntegra as declarações de Paula Lebre:

“Nunca fui de acordo e continuo ainda a não concordar com a pena de morte (em qualquer circunstância). Não só porque desejo viver numa sociedade com elevado nível civilizacional, mas também porque não havendo sistemas infalíveis prefiro um culpado livre do que um inocente no corredor da morte.”

“Numa sociedade que não mata quem matou, deveria haver, no mínimo, mais respeito pelas vítimas. Uma sociedade que não mata quem matou nunca deveria preocupar-se em vasculhar imperfeições nas vítimas com intenção de encontrar justificação para a crueldade de um assassino.  Numa sociedade que não mata quem matou devia de imediato e incondicionalmente proteger as vitimas. Sirva esta história para corrigir e melhorar os nossos valores.”

“Por isso, as minhas condolências à família de Rúben Couto. Não é possível medir sofrimentos, mas uma morte é uma morte. Quando morre uma criança ou um jovem é sempre uma perda para as famílias como para a sociedade. É perda de património Humano. O valor da vida deve sempre ser o supremo de uma sociedade que se diz de direito e de humanos.”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui