Loures: Operária testa covid-19 e dá positivo

Trata-se de uma trabalhadora de uma fábrica de produtos de charcutaria que testou positivo no teste da covid-19 e está nos cuidados intensivos. As restantes 700 trabalhadores continuam a trabalhar por serem considerados “de baixo risco”

0
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Uma trabalhadora de uma fábrica de Loures entrou no Hospital Beatriz Ângelo e onde permanece nos cuidados intensivos daquele hospital depois de fazer o teste ao covid-19 e o mesmo ter dado positivo.

Os colegas da doente continuam a trabalhar porque são considerados de “baixo risco” de contágio.

Em declarações à Lusa o delegado de saúde do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Loures/Odivelas, José Calado, adiantou “trata-se de uma operária cujo último dia de trabalho reporta a 11 de maio, foi diagnosticada covid-19 em 16 de maio e foi hospitalizada três a quatro dias depois. Permanece nos cuidados intensivos do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures”.

Segundo o responsável, todos os operários da linha de produção da Kilom foram considerados no inquérito epidemiológico que as autoridades de saúde fizeram como “de baixo risco”, porque “estão assintomáticos e usam os equipamentos de proteção individual adequados”.

Ao que se sabe a empresa ativou todo o seu plano de contingência e reforçou a entrega de equipamentos, como viseiras, máscaras, luvas e fatos de proteção.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome