Parceiros
Política

Lisboa é o circulo importante para o partido de Tino de Rans

A pouco mais de dois meses para as eleições legislativas, o partido RIR avança com o primeiro comunicado sobre as candidaturas às próximas legislativas, apresentado o primeiro rosto por Lisboa.

- publicidade -

Depois das dissolução da Assembleia da República anunciada por Marcelo Rebelo de Sousa, o Presidente da República anunciou ainda a data das próximas eleições legislativas que vão ocorrer a 30 de janeiro do próximo ano. O Partido RIR não querendo ficar para trás, foi colocando nas redes sociais os primeiros outdoors com o presidente do partido a concorrer às legislativas pelo circulo do Porto.

Esta quarta-feira, o partido de Tino Rans emitiu o primeiro comunicado de imprensa a anunciar a cabeça de lista pelo circulo de Lisboa, trata-se da vice-presidente, Márcia Henriques de 43 anos de idade e advogada. O comunicado enviado às redações dá conta que o partido RIR está preocupado com o tempos que estão a vir, salientando que vão ser tempos que não vão ser fáceis em todos os quadrantes.

Avança ainda que o próximo ano será o mais importante do século, pois será o ano da chegada da maior tranche de fundos europeus “desde os anos 80 do século passado”, esperando que os fundos possam desenvolver o País.

Por último, o RIR diz estar confia na equipa apresentada para ajudar nas mais diversas áreas, sendo essa equipa jovem, dinâmica, produtiva e motivada para a missão que é Desbloquear Portugal!

Márcia Henriques deixa ainda uma mensagem: “É com enorme orgulho que sou candidata pelo Partido RIR – Reagir Incluir Reciclar ao círculo eleitoral de Lisboa. Aceitei este desafio, sabendo que tenho comigo uma equipa fantástica, de várias áreas, que vestiu a camisola, sempre em prol do melhor para o nosso país e nunca em defesa de interesses pessoais. O nosso foco é Portugal e todos aqueles que aqui vivem e trabalham, que lutam diariamente por melhores condições de vida, e todos aqueles que esperam aqui regressar. Todos aqueles que arregaçam as mangas, que vão à luta, que ultrapassam dificuldades. Todos aqueles que pagam impostos obscenos, que pagam uma renda de casa que lhes leva mais de metade do rendimento, e que mesmo assim põem comida na mesa e fazem das tripas coração para que aos filhos e aos netos nada falte. Acredito que a voz do RIR faz falta no Parlamento. Que somos diferentes porque somos do povo, de origens humildes, mas orgulhosamente portugueses.”


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.