CrimeLisboa

Lisboa: Detidos carteiristas que realizavam furtos “desde pelo menos 1989”

Dois carteiristas foram detidos em Lisboa, na sequência de mais um crime deste género no elétrico 15. Os arguidos praticam esta ilegalidade “desde pelo menos 1989”.

Segundo comunicado do Comando Metropolitano de Lisboa, refere que os suspeitos já estão a ser investigados “há cerca de um mês, altura em que os polícias detetaram um aumento de furtos de carteiras em elétricos turísticos”.

No passado dia 09, junto à esquadra de Belém, um fiscal da Carris alertou a polícia para um possível furto no elétrico 15.  Diante este aviso, a equipa da Divisão de Investigação Criminal conseguiu, em menos de 24 horas, identificar e deter o suspeito do furto no elétrico acima mencionado. Com esta detenção, conseguiu-se reunir provas que envolvam os 5 arguidos em mais 5 crimes de furto, realizados em conjunto.

Em comunicado o  Comando Metropolitano refere que “A atividade criminal permitiu-lhes obter proveitos de cerca de 3.000 euros em menos de um mês. Ambos praticam este tipo de crimes como ‘modus vivendi’, desde pelo menos 1989, data em que as incontáveis condenações lhes começaram a ser inscritas em registo criminal”.

Foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva aos arguidos na sequência do primeiro interrogatório judicial.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.