DistritoMobilidadeSesimbra

Linha que liga Sesimbra a Sete Rios é reforçada

- publicidade -

O serviço de carreiras feito pela Carris Metropolitana aumentou algumas das suas ligações, sendo uma delas a que vai até Sete Rios (Lisboa). A Linha 3721, que vai de Sesimbra a Lisboa (e vice-versa), terá mais duas circulações. Uma, a que vai para Sete Rios, parte às 6:30. ÀS 8 horas um autocarro circulará no sentido Lisboa (Sete Rios) – Sesimbra. Muitos dos que tem que se deslocar para Lisboa descrevem esta situação como “caótica”.

Outro circuito também muito usado é aquele que liga o concelho a Cacilhas. A linha 3536 terá mais uma circulação no sentido Sesimbra – Cacilhas às 6:40. Para melhor servir a comunidade escolar concelhia, os horários da linha 3216 – Alto das Vinhas – Sampaio foram ajustados. Em relação às carreiras que partam das escolas, o horário já existente que conta com partidas às 16:40 e às 18:30 serão adiadas para as 16:50 e as 18:50. Em relação às partidas no Alto das Vinhas (R. Serra de Monte Figo) regista alterações nos horários das 7:30, 8:30, 9:30 e 10:30. Estas ligações vão acontecer às 7:20, 8:20, 9:20 e 10:20.

Os alunos que usam estas carreiras para irem da escola para casa muitas vezes não existem transportes. São alunos que não têm outra alternativa para além deste transporte. As linhas 3221 e 3208 também tiveram os seus horários ajustados. Em relação a 3211 com partida em Sesimbra, estas passaram das 7:50, 8:45 e 9:55 para as 7:30, 8:30 e 9:30 e à tarde. As partidas de Valbom (Ch. Cotovia – Parque de Campismo) passaram das 15:30, 16:30 e 17:30 para as 15:40, 16:40 e 17:40.

Alterações para darem resposta às queixas

Já em relação a linha 3208 que sai de Sesimbra passou a ser às 14:05 (antes era às 13:50) e às 19:00. Na mesma linha as partidas de Fetais passaram para as 7:00, 8:00, 10:00 e as 14:45. Estas alterações nestas linhas acontecem para dar resposta tanto a procura com às queixas. Segundo o autarca de Sesimbra, Francisco Jesus, a atual situação obriga a que se tente «diariamente mitigar os problemas».

Estabilizar a operação e não deixar horários por cumprir são as principais preocupações do Município de Sesimbra. A estabilização do serviço é vista por muitos como um incentivo, futuro, para deixar o carro em casa e usar mais os transportes públicos. A linha 3625, que ligaria o Barreira a Sesimbra, seria uma das novidades que a Carris Metropolitana traria. Até ao momento não começou a trabalhar. Se tudo correr bem a mesma deverá estar ativa até ao dia 1 de janeiro.

A fraca regularidade das carreiras (estas alguns dias não são feitas), a falta de motoristas existente no interior da Carris Metropolitana ou a falta de ligações são algumas das críticas apresentadas pelos utilizadores. Estas queixas não são só de Sesimbra. Setúbal ou o Montijo são outros dos municípios que se queixam do pobre serviço apresentado pela operadora responsável pelos transportes na península.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *