Parceiros
Atualidade

Kremlin nega intenção de usar armas nucleares, mas deixa um aviso

- publicidade -

O porta – voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse ontem à noite que na Rússia “ninguém está a pensar usar uma arma nuclear” na Ucrânia.

No entanto, Peskov avisou o Ocidente para que entenda “as preocupações” de Moscovo com o alargamento da NATO e que não tente “encurralar a Rússia”.

Sobre as declarações de Joe Biden sobre afastamento de Putin no poder, o porta-voz russo chamou-as de “insulto pessoal”.

“É completamente inaceitável. Não cabe ao presidente dos Estados Unidos decidir quem vai ser e quem é o presidente da Federação Russa. É o povo da Rússia que decide em eleições, referiu Peskov.

O responsável disse ainda não ter dúvidas de que “todos os objetivos da operação militar especial na Ucrânia serão conseguidos”, acrescentando, contudo, que isso “não é motivo para a utilização de uma arma nuclear.”


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário