Juventude Popular de Setúbal contra a expropriação da Comenda

A Juventude Popular de Setúbal (JP Setúbal) lamenta que a Câmara Municipal de Setúbal considere a hipótese de expropriação dos terrenos da Comenda ao seu novo proprietário

0
188
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Juventude Popular de Setúbal (JP Setúbal) lamenta que a Câmara Municipal de Setúbal considere a hipótese de expropriação dos terrenos da Comenda ao seu novo proprietário.

Em comunicado enviado às redações, a JP Setúbal afirma que «a concelhia centrista considera ainda que, se a Autarquia via o terreno como fundamental para o povo setubalense, devia ter acautelado essa situação atempadamente, não tendo agora autoridade moral para impor uma expropriação.

A JP Setúbal culpa a Câmara Municipal pela situação em que colocou os setubalenses que utilizavam o espaço, ao não ter adquirido os terrenos quando teve oportunidade.

A Juventude Popular de Setúbal recomenda que a Câmara Municipal prossiga com negociações pacíficas com os proprietários, sem abuso de autoridade nem ameaças de atuação que relembram o PREC e que não dignificam a cidade.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome