Justiça

Julgamento de Ricardo Salgado adiado novamente

- publicidade -

O julgamento do banqueiro Ricardo Salgado, por três crimes de abuso de confiança, voltou hoje a ser adiado, para 06 de julho, depois de o Ministério Público ter pedido prazo para analisar documentos.

Na primeira sessão de julgamento, no Tribunal Central de Criminal de Lisboa, o coletivo de juízes, presidido por Francisco Henriques aceitou os argumentos do procurador Vítor Pinto e reagendou já oito dias de audiências, a começar no dia 06 de julho, estando já marcadas também para setembro.

Ricardo Salgado irá responder por três crimes de abuso de confiança, devido a transferências de mais de 10 milhões de euros, no âmbito do processo Operação Marquês.

De acordo com a decisão instrutória da Operação Marquês, Ricardo Salgado vai a ser julgado por um crime de abuso de confiança, relativamente a transferência de quatro milhões de euros, com origem em conta da ES Enterprises na Suíça para conta do Credit Suisse, titulada pela sociedade em offshore Savoices, controlada por si, em 21 de outubro de 2011″.

O ex-banqueiro terá também de responder em tribunal por um crime de abuso de confiança relacionado “com uma transferência de 2.750.000,00 euros com origem em conta da ES Enterprises na Suíça, de conta titulada pela sociedade Green Emerald na Suíça, controlada pelo arguido Helder Bataglia, para conta do Credit Suisse, titulada pela sociedade em ‘offshore’ Savoices, controlada por si”.

O ex-presidente do Grupo Espírito Santos responde também por outro crime de abuso de confiança, “relativamente a transferência de 3.967.611,00 euros” com “origem em conta do banco Pictet titulada por Henrique Granadeiro e com destino a conta do banco Lombard Odier titulada pela sociedade em offshore Begolino” controlada pelo ex-presidente do BES.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo