Justiça

Jovens assaltantes ficam com apresentações periódicas e proibição de contatos

- publicidade -

Foram hoje presentes a primeiro interrogatório judicial pelo Ministério Público do Seixal cinco jovens que tentaram assaltar outro, o que não conseguiram por terem sido interceptados por agentes da PSP.

Os factos tiveram lugar no dia 13 de fevereiro, cerca das 21h45 quando os arguidos, com idades compreendidas entre os 16 e os 17 anos, encontram-se indiciados de terem abordado e rodeado um outro jovem, ordenando que lhes entregasse o dinheiro e o telemóvel.

Os arguidos não alcançaram os seus intentos por terem sido intercetados por agentes da PSP que se deslocaram para o local.

Na sequência do interrogatório, foram aplicadas aos arguidos as medidas de coação de obrigação de apresentação periódica a realizar semanalmente e de proibição de contactos entre si.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do Seixal do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da PSP.

Reveja o debate com os candidatos à CM Alcochete

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo