Internacional

Jovem artista afegã retrata situação do país em quadro

- publicidade -

Sara Rahmani é uma jovem afegã cuja família foi viver para a Califórnia há quatro anos, no âmbito de um programa especial de Imigração, e o pai trabalha para uma empresa americana.

Estudante de engenharia, ocupa os tempos livres com a sua arte em desenho. E foi através desta que expressou a dor e terror que milhares de afegãos vivem neste momento.

«Estava a pintar o rosto de uma bonita rapariga, que representava tão bem a minha cultura. Tinha apenas um esboço e pintado os olhos, quando recebemos a notícia da tomada de Cabul pelos talibãs. E a dor tomou conta do meu coração» referiu a jovem à CNN.

Sara Rahmani iniciou os seus estudos de engenharia no Afeganistão, onde viveu grande parte da sua vida.

«Tenho muita pena da minha universidade, e de todas as raparigas que estudaram comigo lá. Sei que estão numa situação muito má, porque não sabem o que lhes reserva o destino.

Antes estavam a trabalhar, e agora estão desempregadas. Não podem vestir o que querem e só podem sair escoltadas por um homem.»

O quadro que agora se tornou quase viral, representa as duas faces de um país, e também a rica cultura afegã, numa homenagem à sua terra natal.

Na parte de baixo do quadro, estão retratadas as cores da bandeira afegã, duas mulheres usam trajes tradicionais, uma delas numa dança tradicional enquanto outra escreve a palavra «paz» num quadro negro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo