Famosos

José Castelo Branco diz estar “pobrezinha” e pede trabalho comunitário

- publicidade -

José Castelo Branco foi condenado por roubo de um perfume da marca Dior, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Mas pediu que a multa de 550 euros fosse substituída, segundo o seu advogado, José Paulo Pinho: “Ele pediu para fazer o pagamento faseado ou trabalho comunitário em vez de fazer o pagamento da multa normal, porque não tem condições financeiras”, partilhou à ‘TV 7 Dias’.

Assim, “Nesta altura de Natal, nem que fosse ajudar pessoas com necessidades, dar comida aos sem-abrigo ou fazer uma noite de Natal para os sem-abrigo, mas agora estou em Nova Iorque, a tratar da Betty”, reiterou a celebridade.

Admitindo que: “Trouxe um perfume na mala para não haver confusões. E de 450 ml. Não são amostras, Estou-me a borrifar! Querem circo, eu dou circo. Vou fazer trabalho comunitário e vou maravilhosa. E vou pedir isso, porque sou pobrezinha e moro longe. Não vou é mais chatear-me. Até porque nem sequer fui tido nem achado neste caso”, partilhou em outubro à ‘TV Guia’.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *