Desporto

Jorge Jesus admite que equipa do Benfica está “num momento difícil”

- publicidade -

O treinador Jorge Jesus admitiu hoje que a equipa de futebol do Benfica está “num momento difícil”, devido aos resultados dos últimos jogos, mas lembrou que é nestas situações “que se constroem os grandes jogadores e treinadores”.

Numa antevisão da partida de segunda-feira, frente ao Rio Ave, o técnico lembrou que “o próximo jogo” é aquele que todos os jogadores e treinadores “querem mais rápido, quando não ganham, como foi o caso” da partida frente ao Arsenal, e garantiu que a sua equipa está preparada para dar a volta aos últimos quatro jogos sem vencer.

“Sabemos que estamos num momento difícil e estamos preparados para tentar passar esta crise de alguns resultados. Trabalhamos não só o aspeto físico, mas também psicológico e as indicações durante a semana foram de uma equipa alegre e com vontade de mudar o último resultado, que não foi uma vitória, e vamos à procura dela neste jogo”, garantiu em declarações feitas em exclusivo à BTV.

Jesus, de resto, repetiu a ideia de que ainda “há muita coisa para ganhar” no campeonato, mas lembrou que a sua equipa não está “em primeiro nem em segundo” e que, por esse motivo, tem de “ir à procura dos rivais que estão à frente”, além de que esse percurso tem de ser feito “jogo a jogo”.

“A prioridade é passar o rival que está à tua frente. Como estás em quarto lugar, tens de tentar passar o terceiro, depois o segundo. E, quando passares o segundo, pensares se ainda tens capacidade pontual para poder pensar no primeiro”, apontou.

Sobre a partida de segunda-feira, com o Rio Ave, o técnico espera encontrar um adversário “superorganizado, que sai bem para o contragolpe”, mas assumiu que “não há outra forma de pensar” na partida que não seja a de chegar à vitória e que, para isso, o Benfica tem de “jogar bem”.

Nesse sentido, não descartou a possibilidade de manter um esquema de três defesas centrais, tal como utilizou na quinta-feira, frente ao Arsenal, de forma a contrariar o pouco tempo de preparação entre os dois encontros.

“Cada jogo tem a sua história e o de amanhã [segunda-feira] tem outras características, mas não está posta de parte essa possibilidade, porque nos poucos dias e horas que tivemos de treino, trabalhámos em cima dessa possibilidade de voltar a jogar com os três [defesas] centrais”, admitiu.

O Benfica recebe o Rio Ave na segunda-feira, às 19:00, no Estádio da Luz, numa partida da 21.ª jorndada da I Liga portuguesa de futebol, onde tem a possibilidade de encurtar a distância para os rivais Sporting e FC Porto, que no sábado empataram (0-0) o clássico no Estádio do Dragão.

A equipa de Jorge Jesus segue em quarto lugar no campeonato e, em caso de vitória sobre os vila-condenses, diminui a distância para o líder, o Sporting, para 13 pontos, e para o segundo, o FC Porto, para três pontos, mas os ‘dragões’ podem ser hoje ultrapassados pelo Sporting de Braga, que tem mais quatro pontos do que os ‘encarnados’.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo