InternacionalPolítica

Joe Biden anunciado como 46.º presidente dos EUA mas Trump não aceita

publicidade

Joseph Robinette ‘Joe’ Biden Jr. nasceu em Scranton a 20 de novembro de 1942. É advogado e político norte-americano e já foi apresentado como sendo o próximo presidente dos Estados Unidos da América, o 46.º na linhagem.

Mas embora todas as projeções apontam Biden como próximo Presidente, porque a contagem dos votos ainda não está completa, o até agora presidente Donald Trump recusa a derrota e já anunciou que «Não vou desistir».

Donald Trump enviou um comunicado onde anuncia que vai tentar impugnar o resultado das eleições. «A partir de segunda-feira, a nossa campanha começará a entrar com processos judiciais para garantir que as leis eleitorais sejam respeitadas (…)

O povo americano tem direito a uma eleição honesta: isso significa contar todas os votos legais, e não contar nenhum voto ilegal», escreveu Trump, referindo-se aos votos que chegaram por correspondência e que, apesar de serem perfeitamente legais, não são reconhecidos pela equipa do republicano.

Horas depois do anúncio oficial sobre a eleição de Biden, Donal Trump voltou a twitar frisando que obteve um total de 71.000.000 «votos legais», e ainda com acusações de que os observadores não foram autorizados a entrar nas salas de contagem.

Felicitações

O ex-presidente norte-americano Barack Obama também já reagiu ao resultado num comunicado divulgado pelo Twitter, onde se mostrou «orgulhoso» com a eleição do seu antigo vice-presidente e sublinhou os desafios históricos que Biden e Harris vão enfrentar quando entrarem em funções.

Os parabéns já foram também enviados do outro lado do oceano, pelo primeiro-ministro Boris Johnson, que deixou uma mensagem a Biden e sublinha «o feito histórico» de Kamala Harris.

«Os EUA são o nosso aliado mais importante e estou desejoso de trabalhar com proximidade naquilo que são as nossas prioridades partilhadas, das alterações climáticas ao comércio e à segurança», acrescentou.

De Portugal já partiram também as felicitações de António Costa, e o primeiro-ministro diz-se pronto para colaborar com a nova Administração americana em matérias como as alterações climáticas, a defesa da democracia e a segurança internacional.

De acordo com a CNN, Donald Trump estava a jogar golfe quando Biden era anunciado como vencedor das eleições norte-americanas, e a informação foi confirmada pelas objetivas da Associated Press, que captou o momento.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui