Parceiros
AtualidadeInternacionalMundoSociedade

Israel aprova recurso a “barrigas de aluguer” por casais homoafetivos

- publicidade -

O Supremo Tribunal de Israel aprovou a adopção de crianças por casais do mesmo sexo que recorram à maternidade de substituição, vulgarmente chamada de “barrigas de aluguer”.

Segundo a Associated Press, os jurados que legislaram a medida, afirmam que “uma vez que o Estado há mais de um ano não faz nada para fazer aprovar uma emenda à lei, o tribunal decidiu que não pode obedecer ao sério e continuado prejuízo causado aos direitos humanos pela actual lei sobre a substituição”.

Vários grupos ativistas dos direitos LGBTIQA+ aplaudiu a decisão, definindo-a como “um marco histórico na luta pela igualdade”.

Já o deputado ultra-ortodoxo e antigo ministro do Interior Aryeh Deri escreveu no Twitter que “a maior parte da nação quer salvaguardar a tradição de Israel, preservando os valores familiares judeus”.

A nova legislação deve entrar em vigor nos próximos seis meses.


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva no canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que fazemos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *