AtualidadeEconomiaPaísSociedade

IRS Jovem: quanto se pode poupar?

- publicidade -

Foi esta semana apresentado o Orçamento do Estado para 2023 e com ele chegaram novidades no IRS Jovem, como o aumento da isenção aplicável aos rendimentos e também dos limites máximos do benefício.

Assim, e segundo cálculos feitos por várias consultoras, os trabalhadores que adiram ao IRS Jovem vão conseguir poupar em média 3900 euros ao fim dos cinco anos de aplicação. Já explicamos como.

Com a proposta apresentada na última segunda-feira pelo ministro das Finanças Fernando Medina, os jovens enquadrados neste regime fiscal passam a ter uma isenção de 50% no primeiro ano de trabalho, de 40% no segundo, de 30% no terceiro e quarto anos e de 20% no quinto e último ano. Refira-se que actualmente a isenção é de 30% nos dois primeiros anos, 20% nos dois anos seguintes e 10% no último ano.

Com efeito, um jovem que tenha um rendimento mensal de 950 euros vai conseguir poupar 940,26 euros no primeiro ano, 752,21 euros no segundo e 564,16 euros no terceiro e quarto anos e, no quinto ano, vai conseguir poupar 376,11 euros. No total, terá conseguido poupar 3196,90 euros.

Já para um jovem que receba 1500 euros brutos por mês, vai conseguir poupar 4080,47 euros ao cabo de cinco anos de regime IRS Jovem, sendo que no primeiro ano consegue poupar 1.200,14 euros, no segundo 960,11 euros, no terceiro e quarto consegue poupar 720,08 euros e, no último ano deste regime, vai poupar 480,05 euros.

O alargamento do IRS Jovem custará ao Estado 15 milhões de euros e destina-se a todos os jovens entre os 18 e os 26 anos (ou 30, no caso de doutoramento) com qualificações de nível 4 (no caso de cursos profissionais) ou superior (cursos técnicos e ensino superior) que não sejam considerados dependentes (ou seja, têm de fazer uma entrega de IRS separada da dos pais). No total, cerca de 100.000 jovens serão beneficiados por ano, segundo as estimativas do Governo.

Quanto ao IRS não jovem, os escalões irão receber nova actualização no próximo ano, conforme noticiado pelo Diário do Distrito.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *