AlmadaJustiça

«Iremos garantir que nenhum almadense fique privado de ir à praia»

Na reunião da Câmara Municipal de Almada que teve lugar esta tarde e foi transmitida pelo canal youtube da autarquia, o acesso e segurança nas praias do concelho foi um assunto levantado pela vereadora Joana Mortágua (BE).

Em resposta, a presidente Inês de Medeiros referiu que na próxima semana o executivo volta a reunir para discutir as contas dos parques de estacionamento e para organizar um regulamento de acesso e estacionamento nas praias.

“Temos um enorme areal e que poderá acolher milhares de pessoas, basta que estas cumpram as distâncias de segurança, andem um pouco mais e se afastem umas das outras. Por isso apelamos à consciencialização das pessoas.”

A edil explicou ainda que o cálculo da densidade das praias apresentado pela APA – Agência Portuguesa do Ambiente “foi para além do que é feito quando se realizam com base nas concessões” e garantiu que “vamos ter uma situação muito privilegiada graças à articulação de todas as entidades e temos um areal suficiente para receber toda a gente nas praias desde que não se juntem.”

Inês de Medeiros frisou que “as nossas preocupações centram-se na questão dos acessos aos parques de estacionamento oficiais e não oficiais, e tentar garantir que as pessoas se desloquem sem ser em viatura própria.

Uma das situações muito complicadas é agora na Fonte da Telha, com as obras que já deviam ter começado, mas tiveram de ser feitos acertos com o ICNF e a APA.

As nossas praias são muito vigiadas mas muito perigosas no mar, além do que vamos também entrar na época de fogos, e se alguma coisa acontecer, será muito difícil garantir o acesso das forças de segurança. Na passada terça-feira vi o número indiscritível de pessoas nos acessos, porque o problema nem está nas presenças no areal.”

A presidente relembrou ainda algumas das medidas que estão a ser implementadas, como a lista amarela na estrada florestal para não estacionamento “o quem estado a ser cumprido” e deixou ainda um agradecimento “pela colaboração de todas as autoridades”.

Também o paredão da Costa da Caparica vai ter pinturas no chão “para criar um corredor de sentidos opostos e evitar que as pessoas se cruzem, até de uma forma lúdica”.

Na reunião extraordinária que irá decorrer na próxima semana “iremos também ouvir as propostas  de todos os partidos para criar um regulamento e garantir a segurança de quem frequenta as praias, mas também para garantir que nenhum almadense fica privado de ir à praia” referiu a presidente, acrescentando que “já para os utentes de outros concelhos, poderemos vir a ser mais severos, já que será necessário controlar o número  de acessos.”

Também em resposta à questão de Joana Mortágua, a vereadora Francisca Parreira explicou que “sabemos que este ano os concessionários estão com problemas em contratarem nadadores-salvadores, porque também eles estão a vivenciar dificuldades financeiras.

Da parte da Câmara Municipal, estamos a avaliar formas de os ajudar e iremos dar apoio ao alojamento de dez nadadores-salvadores que virão do norte do país e vão ficar no Caparica Sun Center.

Estamos a trabalhar para ter uma época balnear que não será a ‘normal’ mas que temos de garantir ser segura e que no final todos possamos dizer que correu bem porque todos nos empenhámos.”

Na reunião foram aprovados por unanimidade protocolos de cooperação com corporações de bombeiros do concelho e associações de nadadores-salvadores para garantir a segurança das praias durante a época balnear.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *