Parceiros
Setúbal

IPS vai ampliar capacidade na Residência de Estudantes de Santiago

O Instituto Politécnico de Setúbal vai aumentar a sua capacidade de resposta aos alunos que procuram habitação com mais 182 lugares na residência de estudantes, com financiamento do PRR.

Para além desta ampliação, vão ser construídas mais duas residências – uma no Barreiro, onde está situada a Escola Superior de Tecnologia (EST Barreiro/IPS), e em Sines, para os alunos da futura Escola Superior do Alentejo Litoral. Estes projetos, segundo o instituto, têm um orçamento de 9 milhões de euros.


Ângela Lemos, presidente do IPS, afirma que as iniciativas pretendem “reforçar a oferta de alojamento estudantil” e melhorar “a qualidade de vida dos alunos deslocados”, garantindo ainda “alojamento temporário para alguns investigadores e docentes em mobilidade”.

As propostas, segundo o politécnico, foram “apresentadas no âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), foram recentemente aprovadas e homologadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, obtendo assim financiamento do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR)”.

Prevê-se a conclusão das obras em fevereiro de 2025 na Residência de Estudantes de Santiago, em Setúbal, com o acrescento de 85 camas. A nova residência do Barreiro terá capacidade para 50 camas e em Sines, o alojamento previsto é de 45 lugares.

Os municípios do Barreiro e de Sines cederam os terrenos para a construção das residências e prevê-se que comecem a ser ocupadas a partir de dezembro de 2023.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.