AtualidadeDestaqueDistritoDistrito SetúbalPalmela

Instituições da Freguesia de Palmela assinam protocolos

- publicidade -

O executivo da Junta de Palmela atribuiu apoios no montante de 42 mil euros, mais 12 mil que há dois anos, como referiu o presidente da Freguesia, que garantiu “nunca diminuímos o valor, que continua a aumentar”.

@Diário do Distrito

As instituições contempladas foram a Associação das Festas de Palmela, que receberá de apoios sete mil e quinhentos euros e fez-se representar pelo jovem e recém-eleito presidente André Cabica. O Palmelense Futebol Clube foi representado pelo presidente Carlos Valente, que assinou o protocolo no montante de cinco mil euros, enquanto Tiago Costa da Humanitária recebeu o montante de três mil e oitocentos euros. Camila Viana veio de Algeruz para assinar o protocolo do Estrelas de Algeruz, que foi contemplado com mil e duzentos euros.

O antigo comandante dos Bombeiros de Palmela, Manuel Simões, agora presidente da Sociedade Columbófila, assinou o protocolo no valor de mil e duzentos euros e o Grupo Desportivo da Volta da Pedra foi representado por Vítor Sobralinho, que receberá um montante de mil e duzentos euros.

A Sociedade Palmelense Os Loureiros esteve representada por Rogério de Almeida, que assinou o protocolo de três mil e oitocentos euros.

Madail Claro veio de Aires para representar a Associação Desportiva Palmelense, que assinou o protocolo de 500 euros e Luís Canuto, presidente do Motoclube de Palmela, assinou o protocolo de mil euros.

O Rancho Regional da Palhota e da Venda do Alcaide foi representado pela presidente Helena Porfírio e foi contemplado com mil e duzentos euros e a responsável Evangelina Dias da Conferência Vicentina, que foi contemplada pela primeira vez com 500 euros e está a fazer um excelente trabalho de apoio social às famílias carenciadas.

O Grupo dos Ausentes do Alentejo dirigido por Maria Helena Oliveira envolveu um protocolo de mil e duzentos euros. A presidente considerou o apoio muito importante para o Grupo, que em tempo de pandemia sofreu o cancelamento de 30 participações em espectáculos.

Os protocolos de mil e duzentos euros contemplaram também a Associação de Moradores do Lau, representada por Lídio Fernandes, a Associação dos Idosos de Palmela com a participação de Maria Edite Machado e a Sociedade Recreativa da Lagoinha, cujo protocolo foi assinado por José Manuel Marques. A Ordem de Avogados de Setúbal contou com a presença da presidente Ana do Carmo, que presta serviço de aconselhamento jurídico à Junta de Freguesia, assinou o protocolo de mil e trezentos euros.

O presidente Octávio Machado, da Associação de Bombeiros de Palmela assinará, posteriormente o protocolo de oito mil euros, assim como o representante dos Ídolos da Baixa, que foi contemplado com mil e duzentos euros.

Encerramento do Centro de Saúde da Venda do Alcaide

Entre as muitas queixas dos dirigentes associativos destaca-se a da presidente do Rancho Regional da Palhota e Venda do Alcaide, que considera que a população desta zona rural da Freguesia de Palmela tem “sido gravemente lesada pela falta dos serviços de saúde” e apesar das reclamações, o Centro continua encerrado.

Por último uma palavra de tristeza pela ausência da comunicação social, que esteve apenas representada pelo Diário do Distrito.

[themoneytizer id=”61056-1″]

 

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui